Avaliação Trienal 2013 da pós-graduação em matemática


logo-trienal-2013

Texto atualização às 23h de 10/12/2013.

O objetivo deste post é dar uma visão geral do cenário atual da pós-graduação em matemática no Brasil, com base nos dados da Avaliação Trienal 2013, divulgada hoje, 10 de dezembro, pela Capes.

Com o intuito de organizar melhor o texto, apresento as informações em três etapas:

  1. Sobre a avaliação: explico de forma resumida o significado de cada nota; os objetivos da avaliação; e a situação atual (conquistas e desafios) da área Matemática/Probalidade e Estatística;
  2. Análise Quantitativa: quantidade de programas de mestrado (acadêmico ou profissional) e de doutorado; e a distribuição percentual e numérica dos programas por região e estado.
  3. Análise Qualitativa: notas dos programas; distribuição percentual e numérica das notas; comparação com avaliações anteriores; maiores notas; e tabela completa com as notas.

Continuar lendo

Boletim dezembro

Nota


Avaliação PROFMAT

Ao longo dos últimos 15 meses, a CAPES realizou uma avaliação externa suplementar do programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional – PROFMAT*. A Comissão Avaliadora foi presidida pelo Prof. José Fernandes de Lima (UFS), Presidente do Conselho Nacional de Educação.

O relatório final da Comissão Avaliadora está disponível aqui para consulta.

(*) O PROFMAT é o primeiro curso de pós-graduação stricto sensu semipresencial do Brasil destinado a professores da Educação Básica.


Zentralblatt Math

O Zentralblatt Math é um serviço de revisões e resumos de trabalhos de matemática que cobre um amplo número de revistas e jornais. A empresa inaugurou em novembro uma nova plataforma na internet que pode ser utilizada gratuitamente até o final do ano.

Fonte: Noticiário 46 da SBM.

Os melhores programas de pós em matemática – parte II


HistóricoVocê, caro leitor, que está pensando em fazer uma pós-graduação em matemática (pura) e encontrou dificuldades na escolha da melhor opção, talvez este post possa ajudá-lo.

A grande procura pelo post ‘Os melhores programas de pós em matemática‘ e o fato de estarmos às “vésperas” da divulgação dos resultados referentes a quinta avaliação trienal dos programas de pós-graduação do Brasil (2010-12) – feita pela Capes –, me motivaram a preparar um infográfico com o objetivo de reunir as principais informações das quatros avaliações trienais anteriores das pós-graduações em matemática pura Brasil à fora.

Continuar lendo

Doutorado no Canadá


Saiu uma nota na Agência FAPESP sobre um projeto de colaboração entre o Brasil – por intermédio da CAPES – e o Canadá para doutorandos brasileiros passarem seis meses por lá (ou canadenses passarem seis meses aqui no Brasil). É preciso um projeto de pesquisa com um professor coordenador e pode participar até cinco estudantes por projeto. Veja:

Agência FAPESP (23/02/2011) – Até 31de março, pesquisadores brasileiros e canadenses podem se inscrever para o programa de apoio a pesquisas colaborativas financiadas em parceria pelo Brasil e pelo Canadá. Trata-se do Bolsas Canadá–Brasil – Projetos Conjuntos de Pesquisa.

Destinado às instituições de nível superior, o programa tem como proposta estimular a colaboração entre equipes dos dois países.

O apoio será concedido pelo Governo do Canadá por meio do Escritório Canadense de Educação Internacional (CBIE). Serão financiados projetos de pesquisa conjuntos em áreas consideradas estratégicas, como governança democrática, geração de riqueza, segurança, ciência e tecnologia.

Para inscrever o projeto, é necessário formar uma equipe de pesquisa com um professor coordenador e no máximo cinco doutorandos. Cada aluno receberá terá um auxílio de cerca de 8 mil dólares canadenses para a estadia de seis meses no Canadá.

O professor coordenador do projeto poderá receber 3 mil dólares canadenses para fazer uma visita de dez dias ao país. A duração do projeto é de até 24 meses, compreendidos entre setembro de 2011 e setembro de 2013.

A expectativa dos responsáveis pela iniciativa é que os projetos resultem em mais publicações, intercâmbio científico e na intensificação da cooperação bilateral entre o Brasil e o Canadá.

Mais informações e inscrições (em inglês): www.scholarships-bourses.gc.ca/scholarships-bourses/can/institutions/brazil-cbjp-brezil.aspx?lang=eng.

Encontrei dois detalhes no site indicado pela Agência FAPESP:

  • A bolsa é de Can$ 8,4 mil e não Can$ 8,0 mil como diz a nota acima;
  • Cada projeto deve conter um número mínimo de três doutorandos e um professor coordenador.